sábado, 31 de dezembro de 2011

Eu Desejo... o melhor pra você!

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo, pois, que não seja assim
Mas se for, saiba ser sem se desesperar
Desejo também que tenha amigos
Que mesmo maus e inconsequentes
Sejam corajosos e fiéis
E que pelo menos em um deles
Você possa confiar sem duvidar

E porque a vida é assim
Desejo ainda que você tenha inimigos
Nem muitos, nem poucos
Mas na medida exata para que
Algumas vezes você se interpele
A respeito de suas próprias certezas.
E que entre eles
Haja pelo menos um que seja justo

Desejo depois, que você seja útil
Mas não insubstituível
E que nos maus momentos
Quando não restar mais nada
Essa utilidade seja suficiente
Para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante
Não com os que erram pouco
Porque isso é fácil
Mas com os que erram muito e irremediavelmente
E que fazendo bom uso dessa tolerância
Você sirva de exemplo aos outros

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais
E que sendo maduro
Não insista em rejuvenescer
E que sendo velho
Não se dedique ao desespero
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor

Desejo, por sinal, que você seja triste
Não o ano todo, mas apenas um dia
Mas que nesse dia
Descubra que o riso diário é bom
O riso habitual é insosso
E o riso constante é insano.

Desejo que você descubra
Com o máximo de urgência
Acima e a respeito de tudo
Que existem oprimidos, injustiçados e infelizes
E que estão bem à sua volta
Desejo ainda
Que você afague um gato, alimente um cuco
E ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque assim, você se sentirá bem por nada

Desejo também
Que você plante uma semente, por menor que seja
E acompanhe o seu crescimento
Para que você saiba
De quantas muitas vidas é feita uma árvore

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro
Porque é preciso ser prático
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele na sua frente e diga:
"Isso é meu"
Só para que fique bem claro
Quem é o dono de quem

Desejo também
Que nenhum de seus afetos morra
Por eles e por você
Mas que se morrer
Você possa chorar sem se lamentar
E sofrer sem se culpar

Desejo por fim
Que você sendo homem, tenha uma boa mulher
E que sendo mulher, tenha um bom homem
Que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes
E quando estiverem exaustos e sorridentes
Ainda haja amor pra recomeçar

E se tudo isso acontecer
Não tenho mais nada a lhe desejar


2012 vai ser completamente diferente de todos os outros anos. 
Não tenho ideia do rumo que minha vida irá tomar.
Por isso o único plano que irei fazer para esse novo ano é viver cada dia da melhor maneira possível, aproveitando todas as oportunidades de ser feliz.
Que nesse novo ano tenha 2012 vezes a mais de alegria, amizade, amor...
E para você? Eu só desejo o melhor!!!
Beijos... Nilsa Almeida

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Coisa de pele


“A pele é o maior órgão do corpo humano. Nos protege, nos mantém juntos. Literalmente, nos faz saber o que sentimos. A pele pode ser macia e vulnerável. Muito sensível. Fácil de machucar. A pele não importa para um cirurgião. Nós a cortamos, entramos e descobrimos os segredos abaixo dela. É preciso delicadeza e sensibilidade.
[...]
Não importa quão insensíveis tentamos ser, há milhões de terminações nervosas na pele. Abertas e expostas e sentindo coisas demais. Fazemos de tudo para não sentir dor. Às vezes é inevitável. Às vezes, é só isso que nos resta: apenas sentir.”

(Descrição do episódio 21 da 6ª temporada de Grey's Anatomy)

P.S.: Depois de House, Grey's Anatomy será a série que eu vou baixar inteirinha...
=)

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Brilho eterno de uma mente sem lembranças


“Feliz é o destino da inocente vestal
Esquecendo o mundo e sendo por ele esquecida
Brilho eterno de uma mente sem lembranças!
Toda prece é ouvida, toda graça se alcança.”


P.S.: Adorei o filme e recomendo à todos. É a prova de que quando o amor é verdadeiro ele resiste até à uma mente sem lembranças...

sábado, 24 de dezembro de 2011

* Feliz Natal *




Feliz Natal e que na noite de hoje possamos celebrar o verdadeiro motivo desta data: o nascimento de Jesus!

Beijos e abraços à todos!!
(Nilsa Almeida)

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Destino


ELE anda cansado das baladas e dos casos furtivos sem sentimentos. Aprendeu a gostar da própria companhia, sem precisar estar em uma turma de amigos todos os sábados. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que traga um sabor doce às suas manhãs, que seja a melhor companhia para olhar a lua. Que ele possa exibir os seus dons na cozinha e o seu conhecimento em vinhos, só para ela.
Quer uma mulher que ele reconheça pelo cheiro dos cabelos, pelo toque dos dedos, pela gargalhada que vai ecoar pela casa transformando um domingo sem graça, no melhor dia da semana. Quer viver uma paixão tranquila e turbulenta de desejos… quer ter para quem voltar depois de estar com os amigos, sem precisar ficar “caçando” companhias vazias e encontros efêmeros. Quer deitar no tapete da sala e ficar observando enquanto ela, de short jeans, camiseta e um rabo de cavalo, lê um livro no sofá, quer deitar na cama desejando que ela saia do banho com uma lingerie de tirar o fôlego.
Quer brincar de guerra de travesseiros, até que o perdedor vá até a cozinha pegar água. Quer o poder que nenhum dos seus super heróis da infância tiveram… o poder de amar sem medo, sem perigo e sem ir embora no dia seguinte.
Quer provar que pode fazer essa mulher feliz!

ELA quase deixou de acreditar que seria possível ter vontade de se envolver novamente. Foram tantas dores, finais, recomeços e frustrações que pensou em seguir sozinha para não mais se machucar. Então percebeu que a vida de solteira já não está fazendo tanto sentido. Decidiu que quer um amor verdadeiro… que pode nem ser eterno, mas que possa acordá-la com um abraço que fará o seu dia feliz, quer um homem que ela possa cuidar e amar sem receios de que está sendo enganada. Quer a alegria dos finais de semana juntinhos, as expectativas dos planos construídos, o grito de “gol” estremecendo a casa quando o time dele estiver ganhando… a cumplicidade em dividir os segredos.
Quer observá-lo sem camisa, lendo o jornal na varanda… quer reclamar da bagunça no banheiro, rindo e gritando quando ele revidar puxando-a para o chuveiro, completamente vestida.
Quer a certeza de abrir a porta de casa e saber que mesmo ele não estando, chegará a qualquer momento trazendo o brigadeiro da doceria que ela gosta tanto. Quer beijar, cheirar, morder, beliscar e apertar para ter certeza que a felicidade está ali mesmo… materializada nele.
Quer provar que pode fazer esse homem feliz!

ELES estão por aí… sonhando um com o outro… talvez ainda nem se conheçam… mas é só uma questão de tempo, até o destino unir essas vidas que se complementam e estão ávidas para amar e fazer o outro feliz.
Ou alguém duvida que o universo traz aquilo que desejamos?

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Por tudo


Ontem chorei. 
Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu.
Por termos nos perdido. 
Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. 
Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas.Versos brancos. 
Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. 
Pelo amor derramado. Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido. 
Pelo respeito empoeirado em cima da estante. 
Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda-roupa. 
Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. 
Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. 
Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia. 
Chorei. 
Apronto agora os meus pés na estrada. 
Ponho-me a caminhar sob sol e vento. 
Vou ali ser feliz e já volto.

( Caio Fernando Abreu )

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Lendas e mistérios

Diz a lenda que muitos e muitos anos atrás
Um casal que se amava contra a vontade dos pais
Se encontravam escondidos na escuridão
Eram guiados pela força da sua paixão
Era o amor vencendo o medo,
Eles guardavam o segredo a sete chaves em seu coração

Deus ouvindo as preces daquele jovem casal
Resolveu, lá do céu, lhe mandar o mais lindo sinal
E nesse instante uma luz iluminou o céu
E ele prometeu olhando em seus olhos de mel
O mundo inteiro vai saber que foi o nosso amor que fez nascer
A lua cheia no céu

Pra iluminar quem quiser amar
Uma vez por mês a lua cheia vai brilhar
Lendas e mistérios de um amor eterno
Que nem mesmo o tempo foi capaz de apagar...

Fred e Gustavo )

P.S.: Ahhhh como eu amo a Lua Cheia!!! rsrs

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

A borboleta


Era um lindo dia, céu azul, sol vibrante, brisa fresca, e eu me encontrava em um lindo campo verde vivo.
Deitei-me embaixo de arvores floridas, e fiquei a pensar na vida.
Derrepente senti algo batendo asas sobre minha mão que estava solta sobre a grama.
Era uma linda borboleta, de variadas cores. Era linda, tão linda que me apaixonei por ela.
Fiquei admirando suas asas, suas cores, pensando nos vôos que tivera dado.
Eu a queria comigo para sempre.
Me entristeci ao pensar que uma hora ela voaria, voaria para longe de mim, e eu nunca mais a veria.
Então em um súbito impulso, fechei minhas mãos , deixando-a presa entre elas. Fiquei momentos assim, não sabia o que fazer.
Se abrisse as mãos ela sairia voando, me deixando ...
Depois de um tempo pensando, senti falta de olhar para as cores de suas asas.
Então fui abrindo minhas mãos devagar. 
Quando a vi ela estava imóvel, suas asas caídas, quebradas.
Então senti uma lagrima quente escorrer de meu rosto e cair sobre a borboleta. Eu a havia matado com o meu amor.

Se você ama algo, ou alguém, deixe-o livre. Se voltar é porque você o conquistou.
Se não voltar é porque nunca o possuiu. Se tentar força-lo a ficar, acabará sufocando-o e o matando.

( By Erica Moreira )

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Simplifique sua vida


Uma coisa podemos ter certeza nada adianta querer apressar as coisas, tudo vem ao seu tempo. 
O destino se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa! 
Basta acreditar que: Nada acontece por acaso! 
O que é nosso esta guardado! 
Simplifique sua vida. 
Acredite no amor, e nas verdadeiras amizades, porque nem tudo é por acaso; e muitas vezes vale a pena.

( Paulo Coelho )

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Pequenos detalhes


E são nos pequenos detalhes que um homem, conquista uma mulher!
É nos abraços apertados, nas palavras carinhosas, nos sorrisos encantadores, nas ligações no meio da noite, no sábado em casa vendo um filme.
É na maneira como ele demonstra como ela pode ser importante para ele,
Um homem não precisa ser o mais lindo, ter músculos definidos, o melhor carro, ir nas melhores baladas, e beber todas nos fins de semana!
Um HOMEM, precisa ter coração, precisa aprender a provar que homem não é igual a nenhum outro covarde que ela encontrou no mês passado.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Começar a receber!


Ando com uma vontade tão grande de receber todos os afetos, todos os carinhos, todas as atenções. 
Quero colo, quero beijo, quero cafuné, abraço apertado, mensagem na madrugada, quero flores, quero doces, quero música, vento, cheiros, quero parar de me doar e de me doer e começar a receber.

(Caio Fernando Abreu)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Utopia


"Talvez eu só precise de férias, um porre e um novo amor. Porque no fundo eu sei que a realidade que eu sonhava afundou num copo e virou utopia.”

(Caio Fernando de Abreu)

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Pressentimentos

"O que os olhos não vêem, o coração pressente e os amigos nos dão certeza!!!"

Os pressentimentos estavam certos!! 
Era a certeza que isso iria acontecer mais cedo ou mais tarde...
Será que ela é tem mais atitude do que outras mulheres? 
Ou ela "não é tão pura", ou então ela fala palavrão igual a ele? 
Eu não sei, na realidade não quero saber, só quero estar longe daqui logo para poder esquecer...

domingo, 27 de novembro de 2011

Vida

É exatamente disso que a vida é feita, de MOMENTOS. 
Momentos que temos que passar, sendo bons ou ruins, para o nosso próprio aprendizado. 
Nunca esquecendo do mais importante: Nada nessa vida é por acaso. 
Absolutamente nada. 
Por isso, temos que nos preocupar em fazer a nossa parte, da melhor forma possível. 
A vida nem sempre segue a nossa vontade, mas ela é perfeita naquilo que tem que ser.

( Chico Xavier )

sábado, 26 de novembro de 2011

Hoje


Hoje eu queria um abraço daqueles que te sufoca de tão apertado e te protege de tudo. 
Hoje eu só queria ouvir “eu te procurei pra saber se você tá bem.”

(Caio Fernando de Abreu)

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Tempo, venha e me tire daqui!

Dentre todos os dons que a Divindade concede ao homem, o tempo tem lugar especial. É ele que acalma as paixões indevidas, ensinando que tudo tem sua hora e local certos.

É ele que cicatriza as feridas das profundas dores, colocando o algodão anestesiante nas chagas abertas.

É o tempo que nos permite amadurecer, através do exercício sadio da reflexão, adquirindo ponderação e bom senso.

É o tempo que desenha marcas nas faces, espalha neve nos cabelos, leciona calma e paciência, quando o passo já se faz mais lento.

É o tempo que confirma as grandes verdades e destrói as falsidades, os valores ilusórios.

O tempo é, enfim, um grande mestre, que ensina sem pressa, aguarda um tanto mais e espera que cada um a sua vez, se disponha a crescer, servir e ser feliz.

E é o tempo, em verdade, que nos demonstra, no correr dos anos, que o verdadeiro amor supera a idade, a doença, a dificuldade, e permanece conosco para sempre.

Momento )

O amor é louco por vocês



"Só o amor mesmo... Só o amor se diverte como se estivesse em um carrinho de bate-bate onde o carro da frente, fosse os corações de vocês. 
O amor faz do coração de vocês um parque de diversão." 

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Somente amor


Sem pressa. Sem vírgulas. Sem ponto final. Sem brigas. 
Sem separação. Sem mágoa. Sem dor. 
Somente amor, por favor.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Novos caminhos


Tudo fica mais tranquilo quando aceitamos os novos caminhos que Deus nos mostra, e que esses caminhos são melhores do que aqueles que tanto queríamos.

(Nilsa Almeida)

domingo, 20 de novembro de 2011

Quase-dezembro


Respirou fundo. Morangos, mangas maduras, monóxido de carbono, pólen, jasmins nas varandas dos subúrbios. O vento jogou seus cabelos ruivos sobre a cara. Sacudiu a cabeça para afastá-los e saiu andando lenta em busca de uma rua sem carros, de uma rua com árvores, uma rua em silêncio onde pudesse caminhar devagar e sozinha até em casa. Sem pensar em nada, sem nenhuma amargura, nenhuma vaga saudade, rejeição, rancor ou melancolia. Nada por dentro e por fora além daquele quase-dezembro, daquele sábado, daquele vento, daquele céu azul, daquela não-dor, afinal...

(adaptado de Caio Fernando Abreu em "Estranhos Estrangeiros")

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Difícil de carregar


Eu não sou fácil, não me vendo, não aceito migalhas, não gosto de metades. 
Sou um império do bem e do mal. 
Sou erótica, sou neurótica. 
Sou boa, sou má. 
Sou biscoito de polvilho. 
Açúcar, sal, mousse de maracujá. 
Só não sou um brinquedinho. 
Que alguém joga no canto do quarto quando não quer mais brincar. 
Sou um pacote. Uma mala. 
Sou difícil de carregar.

sábado, 12 de novembro de 2011

Falta...


Eles se gostam, todo mundo sabe mas ninguém acredita. Não conseguem ficar juntos. Simples. Complexo. Quase impossivel. Alguns dizem que isso jamais daria certo. Outros dizem que foram feitos um para o outro. Eles preferem não dizer nada. Preferem meias palavras e milhares de coisas não ditas. Todas as noites ela pensa nele, e todas as manhãs ele pensa nela. E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os outros. Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. E mesmo sorrindo por ai, cada um sabe a falta que o outro faz.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Tudo


De tudo, ficaram três coisas: 
A certeza de que estamos sempre começando... 
A certeza de que precisamos continuar... 
A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar.... 

Portanto devemos: 

Fazer da interrupção, um caminho novo... 
Da queda, um passo de dança... 
Do medo, uma escada... 
Do sonho, uma ponte... 
Da procura, um encontro...

domingo, 6 de novembro de 2011

Menina, Moleca, Mulher

Sou Menina Moleca Mulher.
Sou uma mulher cheia de desejos. 
E uma menina cheia de sonhos.
E uma moleca que adora brincadeiras.
Sou uma mulher que luta.
E uma menina que chora.
Uma moleca que se diverte.
Uma mulher que briga.
E uma menina que brinca.
E uma moleca que adora carinho.
Sou uma mulher correta.
E uma menina ou talvez uma moleca travessa.
Sou simplesmente eu mesma... 
Nos erros e nos acertos.
Às vezes careta... 
Às vezes moderna... 
Como todos sinto frio, medo, fome, sede... 
E esse é o meu jeito de ser!

sábado, 5 de novembro de 2011

O ponto negro


Certo dia, um professor chegou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova-relâmpago.
Todos acertaram suas filas, aguardando assustados o teste que viria.
O professor foi entregando, então, a folha da prova com a parte do texto virada para baixo, como era de costume.
Depois que todos receberam, pediu que desvirassem a folha.
Para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro, no meio da folha.

O professor, analisando a expressão de surpresa que todos faziam, disse o seguinte:
- Agora, vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo.

Todos os alunos, confusos, começaram, então, a difícil e inexplicável tarefa.
Terminado o tempo, o mestre recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redações em voz alta.
Todas, sem exceção, definiram o ponto negro, tentando dar explicações por sua presença no centro da folha.

Terminada a leitura, a sala em silêncio, o professor então começou a explicar:
- Esse teste não será para nota, apenas serve de lição para todos nós.
Ninguém na sala falou sobre a folha em branco.
Todos centralizaram suas atenções no ponto negro.
Assim acontece em nossas vidas.
Temos uma folha em branco inteira para observar e aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos negros.
A vida é um presente da natureza dado a cada um de nós, com extremo carinho e cuidado.
Temos motivos para comemorar sempre!
A natureza que se renova, os amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá o sustento, os milagres que diariamente presenciamos.
No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro!
O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um familiar, a decepção com um amigo.
Os pontos negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos diariamente, mas são eles que povoam nossa mente.

Pense nisso!

Tire os olhos dos pontos negros de sua vida. Aproveite cada bênção, cada momento que o Criador te dá. Creia que o choro pode durar toda a noite, mas a alegria vem logo com a luz do amanhecer.

Tenha essa certeza, tranquilize-se e seja .... feliz!!!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Soneto da Vida



Vivo sempre em busca de algo mais 
Algo que irá tornar minha jornada mais alegre 
Como um novo barco que desembarca no cais 
É um vai e vem e a vida se repete. 

Uma mescla de sentimentos 
Desapego e saudades 
Alegrias e tormentos 
Amores e amizades. 

Sigo assim 
Vou levando um pouco dos outros comigo. 
Alguém levando algo de mim. 

Minha vida é feita de muitas idas e vindas 
Encontros, desencontros 
Reencontros e despedidas.

( By Nilsa Almeida )

domingo, 30 de outubro de 2011

Opostos

Ele gosta de passar a madrugada acordado.
Ela gosta de passar a madrugada dormindo.

Ele domina línguas estrangeiras.
Ela ainda está engatinhando no inglês.

Ele já morou em outro país.
Ela sempre viveu presa aqui neste país tropical.

Ele gosta de falar palavrão.
Ela tenta falar apenas palavras delicadas.

Ele domina as palavras e escreve contos de mais de 3 páginas.
Ela sofre para escrever poucas linhas.

Ele é orgulhoso.
Ela já deixou seu orgulho de lado à muito tempo.

Ele diz que nossas ideias são diferentes.
Ela diz que se pensassem igual não haveria graça nenhuma.

Ela já errou muito.
Ele também errou.

Ele diz que ela é pura e totalmente diferente dele.
Ela diz que foram feitos para se completarem.

Ele é o preto.
Ela é o branco.

Ele gosta dela.
Ela gosta dele.

Ela diz que "Os opostos se atraem"
Ele diz que "Os opostos se distraem e que os dispostos se atraem"

Mas se os opostos não se distraírem e estiverem dispostos a lutar juntos, eles com certeza irão conseguir. Quando ambos abrem mão de algumas coisas, tudo pode dar certo.

( By Nilsa Almeida )

sábado, 29 de outubro de 2011

Fica, vai?

E então resolvo: vou sair por aí acreditando em teorias que conspirem a favor do meu desejo que no momento é tão obvio e tão aparente. Procurando em livros de auto-ajuda esperanças vazias de que obviamente posso sozinha, apagar um eu e você tão grande que, em papelarias das diversas, não achei borracha proporcional. Não me prometeste nada, não me cobraste e tão pouco devolveu-me o que pedi. Hoje os outdoors pelas ruas me lembram o que ontem, eu prometi esquecer. Por força de pensamento, te estimulo a relembrar - onde quer que esteja - pelos anos que passaram. Talvez eu estivesse por maldade ou vaidade, tentando fazer você esquecer por horas, os antigos anos que passou sem mim. E a saudade é um sopro que me arrepia quando mencionam seu nome. Provavelmente o mesmo acontece com você. Ou não, provavelmente não. O jeito é torcer para que você, por Deus, por mim, queira. Sobre mim, meu coração é tão birrento quanto o dono. Vocês inexplicavelmente são iguais. Turrões, e voltados contra mim. E aí você já sabe: Quando o coração faz birra e se nega a esquecer, tudo fica bem mais difícil. O que me resta é a lembrança de quando eu, no auge dos meus anos bem vividos, tinha o poder sobre ambos. Outro dia aí, aconteceu: fui parar para recordar e me vi estonteada pelo perfume do qual tanto procurei nas lojas, o teu. Não me afobei para não assustar os passageiros de um ônibus tão lotado quanto os meus pensamentos que se confundiam no meio deles. O intuito do perfume era deixar você mais um pouco em mim, por mais algum tempo. Chegando em casa sentei-me em frente ao espelho e iniciei uma discussão didática para matar a saudade do que éramos juntos. E auto-critiquei nós dois... porque você ainda existe tanto em mim. E na gaveta da escrivaninha os papéis falam por mim, em um deles abreviei a palavra "saudade" com o intuito que em seguida, ela diminuísse... E nada. Dos quatro cantos do meu quarto te procuro, na última das hipóteses apelo a espiar pela janela. Esqueço um pouco... E lá vou eu abrir a geladeira para pensar em você. Engordando com a falta de você... Nos sonhos em que te encontro, sorrio só para você sorrir de volta e eu poder reconhecer se a covinha é a mesma. Fico séria; dessa vez observando a sobrancelha que muitas das vezes se levantaram ao me ver passar. E tanto questiono sobre o seu futuro: Quem é que vai entender a sua mania de falar as palavras ao contrário e responder seus trocadilhos sem graça sobre quaisquer que seja o assunto? Na verdade o que eu quero saber é: Quem vai caber em seu colo, se não eu? Quem vai aceitar teu mau-humor repentino em meio ao 'tudo dando certo' da vida?! Fracassei. E ao me reafirmar isso sorrio por raiva e por ser delicada o bastante para demonstrar qualquer outra emoção. A primeira instância, pessoas perguntam e procuram por nós. Por onde anda aqueles dois? Eu não sei, você sabe? Eu só sei, que juntos eles não andam mais. São dois bobos por estarem descompromissados. E lá se vão as terceiras pessoas comentando sobre nós. Não nos admiram mais, agora, que deixamos tudo isso escapar tão friamente de nossas mãos quentes. Desconfio que nos nomearam como fracos. Mas a gente ignora, só pra não perder o costume. Tu me conhece bem, sabe que não sou de convidar... mas se ainda estiver confuso eu sou capaz de arriscar: Fica, vai?

( adaptado de ClaraMentes )

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Amigos


Amigos não nos deixam. 
Amigos de verdade, com toda a recíproca liberdade, mesmo longe, estão perto. 
Os amigos que se vão, que deixaram de ser amigos, não eram amigos, eram apenas parte da caminhada da vida, parceiros por alguns quilômetros ou metros, que deixaram para trás sorrisos, bobagens compartilhadas, canções, bons e maus momentos e assim como o vento, partiram. 
Amigos verdadeiros nos deixam marcas na alma, alegria no espírito e muitas saudades no coração. Esses amigos que estão perto, mesmo se longe são a preciosidade dessa vida, eternizados em nossos pensamentos e sintonia, eternizados na alegria que sentimos por serem nossos amigos !

=D

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

45 lições

"Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou.
É a coluna mais solicitada que eu já escrevi."
“Meu hodômetro passou dos 90 em agosto, portanto aqui vai a coluna mais uma vez:
1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno .
3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.
5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.
6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.
8. Pode ficar bravo com Deus. Ele suporta isso.
9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.
10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.
11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.
14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Isso acalma a mente.
17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.
20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.
23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você..
26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todo mundo.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..
31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.
33. Acredite em milagres.
34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.
35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.
37. Suas crianças têm apenas uma infância.
]38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.
39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.
41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor ainda está por vir.
43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
44. Produza!
45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.”

(Escrito por Regina Brett, com apenas 90 anos de idade, assina uma coluna no The Plain Dealer, Cleveland, Ohio.)

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O barco


“Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também. Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro. Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.”

(Caio Fernando Abreu)

sábado, 22 de outubro de 2011

Se não fosse amor

Não haveria planos, nem vontades, nem ciúmes, nem coração magoado. 
Se não fosse amor, não haveria desejo, nem o medo da solidão. 
Se não fosse amor não haveria saudade, 
nem o meu pensamento o tempo todo em você. 
Se não fosse amor eu já teria desistido de nós.

( Caio Fernando Abreu )

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Fome de Amor

O que temos visto por ai ??? Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes.

Com suas danças e poses em closes ginecológicos, cada vez mais siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plasticas, como se fossem ao supermercado e pedissem o corte como se quer mas... chegam sozinhas e saem sozinhas...

Empresários, advogados, engenheiros, analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos...

Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos "personal dancer", incrível.

E não é só sexo não! Se fosse, era resolvido fácil, alguém tem dúvida?

Sexo se encontra nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo!

Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, sem necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama ... sexo de academia . . .

Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão "apenas" dormir abraçadinhos, sem se preocuparem com as posições cabalisticas...

Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.

Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção...

Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós...

Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos "ORKUT", "PAR-PERFEITO" e tantos outros, veja o número de comunidades como: "Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada "Nasci pra viver sozinho!"

Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis, se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, se mutilando em nome da tal "beleza"...

Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez mais sozinhos...

Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário...

Pra chegar a escrever essas bobagens (mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa...

Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodê, brega, familias preconceituosas...

Alô gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados...

Mas e daí? Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado...

"Pague mico", saia gritando e falando o que sente, demonstre amor...

Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais...

Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem a ver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida...

E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois...

Quem disse que ser adulto é ser ranzinza ?

Um ditado tibetano diz: "Se um problema é grande demais, não pense nele... E, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?"

Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado...

O que realmente, não dá é para continuarmos achando que viver é out... ou in...

Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas, maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda, na TV, e também na playboy e nos banheiros, eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar, e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso.

Queira do seu lado a mulher inteligente: "Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida"...

Porque ter medo de dizer isso, porque ter medo de dizer: "amo você", "fica comigo", então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!

Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Ela...


Ela? Pois é, muito complicada .. 
Parece que não, mas certamente ela está pensando em você agora ...
Ela vai puxar conversa, vai querer saber tudo sobre você, em apenas um dia!
Ela vai querer ouvir coisas bonitas e românticas, então não se esqueça de chama-la de linda, só quando for se despedir. 
Ela gosta disso.
Ela sempre vai achar que falou demais, ou que deu a entender o interesse dela. 
Ela acha que você não está nem ai pra ela, prove o contrário! 
Ela quer sair com você, só que não sabe como dizer isso! Leve-a para dar uma volta. 
Seja bobo, nessas horas o que ela mais querer é rir e sorrir pra você!
Faça questão dela saber que você realmente gostou.
Ela gosta de ouvir o 'até amanha'.. 
Ela quer falar com você agora, não mande uma mensagem, ligue...
Sim, ela vai te chamar de bobo, e dizer que nem devia ter ido...
Ela quer que você olhe bem no fundo dos olhos dela. 
Ela já perdeu o sono por sua causa várias vezes, e isso é só o começo.
Ela quer você, acredite!

sábado, 15 de outubro de 2011

Ruiva...

Cabelos vermelhos, soltos...
Ruiva da pele branca... 
Olhos verdes que encanta, hipnotiza, desorienta... 

Texto completo em : http://migre.me/5VTPV

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Como surge os sentimentos?


Surge de um olhar, algo que vemos sem ver, sentimos com os olhos. 
Surge na palavra proferida, na voz que passa a ressoar dentro de nós. 
No toque que transmite energia, que nos alimenta. 
Na presença que nos deixa livre de tudo por uns momentos. 
No coração que nos é doado quando estamos só... 
Todos precisamos de uma nova chance em algum momento da vida, de um redescobrimento...de uma luz...de um amor.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Tua graça


"Tua graça caminha pela casa...
Vejo-te em cada prisma, refletindo
Diagonalmente a múltipla esperança
E te amo, te venero, te idolatro
Numa perplexidade de criança."

(Vinicius de Moraes)

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Meus 20 e poucos anos...

8030 dias, 22 voltas da Terra ao redor do Sol, 22 primaveras… 

Ao refletir sobre toda a minha vida, percebo a grande quantidade de pessoas que conheci, pessoas que guardei na mala da minha memória, pessoas que pude abraçar, dar risada… 

Lembro dos tempos de criança, das bonecas, dos apelidinhos carinhosos. Do tempo que a maior preocupação era tirar boas notas na escola. 

Mas a gente cresce e não é mais a bonequinha da mamãe, nem a princesinha do papai. A gente cresce, amadurece. 

E os problemas aparecem, mas as coisas boas também acontecem, ganhamos mais liberdade de seguir a vida. 

Mais um ano de vida! 

Me sinto profundamente agradecida à minha família que sempre esteve por perto nos momentos que precisei. Aos meus amigos, pelas risadas e por me animar nos momentos tristes, e principalmente à Deus que me deu a oportunidade da vida.

E que venham mais 22 anos e muito mais!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Cantiga paralelística


Ondas da prais onde vos vi,
Olhos verdes sem dó de mim,
Ai Avatlântica!

Ondas da praia onde morais,
Olhos verdes intersexuais,
Ai Avatlântica!

Olhos verdes sem dó de mim,
Olhos verdes, de ondas secas sem fim,
Ai Avatlântica!

Olhos verdes, de ondas sem dó,
Por quem me rompo, exausto e só,
Ai Avatlântica!

Olhos verdes, de ondas sem fim,
Por quem eu jurei de vos possuir,
Ai Avatlântica!

Olhos verdes sem lei nem rei,
Por quem eu juro vos esquecer,
Ai Avatlântica!

(Manuel Bandeira)

domingo, 18 de setembro de 2011

Alimento da alma

Eu tenho preguiça de quem não comete erros. Tenho profundo sono de quem prefere o morno.
Eu gosto do risco. Dos que arriscam. Tenho admiração nata por quem segue o coração.
Eu acredito nas pessoas livres. Liberdade de ser. Coragem boa de se mostrar. Dar a cara a tapa!
Ser louca, estranha, chata! Eu sou assim. Tenho um milhão de defeitos. Sou volúvel. Sou viciada em gente.
Adoro ficar sozinha. Mas eu vivo para sentir. Por isso, eu te peço.
Me provoque. Me beije a boca. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio. Vire meu mundo do avesso!
Mas, pelo amor de Deus, me faça sentir… Um beliscãozinho que for, me dê.
Eu quero rir até a barriga doer. Chorar e ficar com cara de sapo.
Este é o meu alimento: palavras para uma alma com fome.

sábado, 17 de setembro de 2011

Ausência...


Estou aqui e eu amo você. 
Sempre amei você e sempre amarei. 
Fiquei pensando em você, vendo seu rosto em minha mente, durante cada segundo que me ausentei...

(Edward diz pra Bella quando ele volta, no livro Lua Nova - Stephenie Meyer)

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Bagunça da vida


A gente finge que arruma o guarda-roupa, arruma o quarto, arruma a bagunça. Tira aquele tanto de coisa que não serve, porque ocupar espaço com coisas velhas não dá.

As coisas novas querem entrar, tanta coisa bonita nas lojas por aí. Mas a gente nunca tira tudo. Sempre as esconde aqui, esconde ali, finge para si mesmo que ainda serve. A gente sabe. Que tá curto, pequeno, apertado. 

É que a gente queria tanto. Tanto...

Acredito que arrumar a bagunça da vida é como arrumar a bagunça do quarto. Tirar tudo, rever roupas e sapatos, experimentar e ver o que ainda serve, jogar fora algumas coisas, outras separar para doação. Isso pode servir melhor para outra pessoa. 

Hora de deixar ir. Alguém precisa mais do que você. Se livrar. Deixar pra trás. Algumas coisas não servem mais. Você sabe. Chega. Porque guardar roupa velha dentro da gaveta é como ocupar o coração com alguém que não lhe serve. Perca de espaço, tempo, paciência e sentimento. Tem tanta gente interessante por aí querendo entrar. 

Deixa...

Deixa entrar: na vida, no coração, na cabeça.

(Caio Fernando Abreu)

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Não importa...

"Não importa o tempo, a ausência, os adiamentos, as distâncias, as impossibilidades. 
Quando há afinidade, qualquer reencontro retoma a relação, o diálogo, a conversa, o afeto no exato ponto em que foi interrompido."

[Artur de Távola]

sábado, 10 de setembro de 2011

Uma pessoa

Sou pessoa de dentro pra fora.
Minha beleza está na minha essência e no meu caráter.
Acredito em sonhos, não em utopia.
Mas quando sonho, sonho alto.
Estou aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente.
Sou isso hoje…
Amanhã, já me reinventei.
Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim.
Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina…
E vice-versa.
Me perco, me procuro e me acho.
E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar…
Não me doo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor.
Ou sou tudo ou sou nada.
Não suporto meio termos.
Sou boba, mas não sou burra.
Ingênua, mas não santa.
Sou pessoa de riso fácil, mas choro também.

[Tati Bernardi]

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Reencontro

E outra coisa: não se esforce. Pelo menos, não tanto. Não fique ai remando contra a maré, dando murro em ponta de faca. Veja: se não fora pra ser, não vai ser. Acredite em mim. 
Coisa boba essa sua tentativa de ir além. 
E olha, eu não estou pedindo pra você desistir não, não é isso. Eu só quero que você pense mais… que tenha argumentos melhores. 
Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei e tornei a fugir. 
São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas. Se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso. Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha (e tenho) pra você. 
Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim.

(Caio Fernando Abreu)

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Matemática

Chega uma hora em que você olha em volta e fica esperando que a pessoa responsável te ajude. 
E então você percebe que você é a pessoa responsável. 
Você é o adulto. 
Você é o único adulto ali. 
E você não é muito bom nisso. 
A vida é muito, muito mais difícil do que a matemática. 

(Trecho do filme "Matemática do amor")

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Segure-o

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperança, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

(Fernando Pessoa)

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Oportunidades

Quando as oportunidades baterem à sua porta, antes de dizer não com um monte de desculpas que nem você mesmo acredita, olhe para o alto. 
Se uma vozinha responder dentro do seu coração e sua alma se encher de paz, é que você fez a boa escolha. 
Vá, então, em frente! 
Não espere ver todas as soluções de uma vez só, as flores nascem cada uma a seu tempo e há frutos para todas as estações.

(Letícia Thompson)

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Começar tudo de novo.


Temos que aproveitar as oportunidades que a vida nos oferece.
Precisamos encontrar os oásis em nossos desertos.
Os perdedores vêem os raios. Os vencedores vêem a chuva e com ela a oportunidade de cultivar.
Os perdedores paralisam-se diante das perdas e dos fracassos. Os vencedores vêem uma oportunidade para começar tudo de novo.

(Augusto Cury)

domingo, 4 de setembro de 2011

Impaciência

Não é preciso ter pressa. 
A impaciência acelera o envelhecimento, eleva a pressão arterial e apressa a morte. Tudo chega a seu tempo.
Não se pode colher nada antes que amadureça. A fruta colhida verde é azeda ou amarga e não faz bem à saúde.
Quando alguém tenta realizar algo antes do momento propício, com certeza provoca uma situação incômoda e acaba prejudicando a si próprio ou a outras pessoas.

(Masaharu Taniguchi)

sábado, 3 de setembro de 2011

O tempo


A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. 
Quando se vê, já são seis horas! 
Quando de vê, já é sexta-feira! 
Quando se vê, já é natal... 
Quando se vê, já terminou o ano... 
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. 
Quando se vê passaram 50 anos! 
Agora é tarde demais para ser reprovado... 
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. 
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... 
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo... 
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. 
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz. 
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Amores eternos

No início você briga, chora, faz drama mexicano. Então percebe que é cansativo demais manter esse jeito de levar as coisas. Acostuma-se… Não que pare de doer, mas que cai no seu entendimento que às vezes perdemos algo e não há solução. No fim você coloca um sorriso no rosto e finge que é sincero, até que a vida o faça realmente ser. Talvez os amores eternos sejam amenos e os intensos sejam passageiros. É isso.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

O amor

Amor que é amor dura uma vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor. O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor. Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou. O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos e diz:

- "Mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que eu sou se você não estiver por perto."

O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração que sozinhos jamais poderíamos enxergar. O poeta soube traduzir bem quando disse "Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vi, dentro do meu coração".

(Pe. Fábio de Melo)

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Setembro



Setembro é um mês especial. O inverno vai acabar. Os dias vão se tornar mais longos e as noites mais curtas. A natureza começará a mostrar sua face mais bonita e exuberante. As sementes escondidas pelo inverno brotarão numa explosão de vida.

Não deixe que este mês seja para você uma simples continuação do inverno. Aproveite setembro para aumentar sua sensibilidade em relação às pessoas, em relação à natureza, em relação à vida. Aproveite setembro para pensar mais, rever suas emoções, desabrochar sua criatividade, ser mais gentil, mais polido, mais gente.

Aproveite as tardes de setembro para caminhar, cismar, jogar conversa fora, visitar parentes e amigos esquecidos pela correria, pelos afazeres, pelos invernos da vida que nos fazem recolhidos pelo frio da insensibilidade e do egoísmo.

Aproveite setembro para desenvolver em seu trabalho um clima de amizade, cordialidade, espírito de time, de união. Proponha atividades de integração e de expressão artística que aumentem a sensibilidade de todos em relação aos clientes, fornecedores, comunidade. Setembro é muito propício para iniciar trabalhos com a comunidade que poderão se desenvolver até a grande confraternização do Natal.

Enfim, não deixe setembro passar em branco. Pinte o seu setembro das cores que a natureza oferece. Abra seus olhos para ver o verde, as flores a beleza da botânica de nossos trópicos. Abra seus ouvidos para ouvir o assanhamento dos pássaros ao entardecer. Redescubra em você a sensibilidade. Lembre-se que você é gente. Você não é uma máquina a serviço da sociedade de consumo que só vê prazeres nos bens materiais e se esqueceu das pessoas, da família e começa a perder o sentido da própria vida. Faça neste setembro um exercício de desembrutecimento.

Viva setembro! E viva com toda a força do verbo viver!


( Profº Luiz Marins via Espartilho )

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Um dia será

Se não for hoje, um dia será. 
Algumas coisas, por mais impossíveis e malucas que pareçam, a gente sabe, bem no fundo, que foram feitas pra um dia dar certo”.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Conhecer o mundo


Pegue um sorriso e doe-o a quem jamais o teve.
Pegue um raio de sol e faça-o voar lá onde reina a noite.
Descubra uma fonte e faça banhar-se quem vive no lodo.
Pegue uma lágrima e ponha-a no rosto de quem jamais chorou.
Pegue a coragem e ponha-a no ânimo de quem não sabe lutar.
Descubra a vida e narre-a a quem não sabe entendê-la.
Pegue a esperança e viva na sua luz.
Pegue a bondade e doe-a a quem não sabe doar.
Descubra o amor e faça-o conhecer ao mundo"

(Mahatma Gandi)

Continue andando...


Continue andando. Enfrente seus problemas de cara. 
Reaja. Vai. Tá pensando que é só você que sofre? 
Tá enganada. Anda menina. Para de ser infantil. A culpa não é de ninguém. 
Se apaixonou agora segura. Anda. Seja forte. Seja feliz. 
Seja uma mulher!

domingo, 28 de agosto de 2011

Não perca tempo

‎Seu tempo é limitado, então não percam tempo vivendo a vida de outro. 
Não sejam aprisionados pelo dogma - que é viver com os resultados do pensamento de outras pessoas. 
Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. 
E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. 
Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar. 
Tudo o mais é secundário.

(Steve Jobs)